Um relicário imenso desse amor…

Esse post tem música e artesanato, combinação perfeita!

É uma ideia para fazer no seu relicário! Do site duitang.

Toda vez que penso nessa palavra RELICÁRIO, me vem à mente a música do Nando Reis – Relicário, que por sinal, gosto muito.

Então curtam aí, tanto o artesanato, quanto a música…

beijos

Larissa

Love gift === retro necklace (installed on your private message)

Relicário

Nando Reis

É uma índia com colar
A tarde linda que não quer se pôr
Dançam as ilhas sobre o mar
Sua cartilha tem o A de que cor?

O que está acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou
O que está acontecendo?
Eu estava em paz quando você chegou

E são dois cílios em pleno ar
Atrás do filho vem o pai e o avô
Como um gatilho sem disparar
Você invade mais um lugar
Onde eu não vou

O que você está fazendo?
Milhões de vasos sem nenhuma flor
O que você está fazendo?
Um relicário imenso deste amor

Corre a lua porque longe vai?
Sobe o dia tão vertical
O horizonte anuncia com o seu vitral
Que eu trocaria a eternidade por esta noite

Por que está amanhecendo?
Peço o contrario, ver o sol se por
Por que está amanhecendo?
Se não vou beijar seus lábios quando você se for

Quem nesse mundo faz o que há durar
Pura semente dura: o futuro amor
Eu sou a chuva pra você secar
Pelo zunido das suas asas você me falou

O que você está dizendo?
Milhões de frases sem nenhuma cor, ôôôô…
O que você está dizendo?
Um relicário imenso deste amor

O que você está dizendo?
O que você está fazendo?
Por que que está fazendo assim?
…está fazendo assim?

Desde que você chegou
O meu coração se abriu,
Hoje eu sinto mais calor
E não sinto nem mais frio,

E o que os olhos não vêm
O coração pressente,
Mesmo na saudade
Você não está ausente

E em cada beijo seu
E em cada estrela do céu
E em cada flor no campo
E em cada letra no papel

Que cor terão seus olhos
E a luz dos seu cabelo
Só sei que vou chamá-lo
De Esmael, Esmael…

Anúncios

RECICLAGEM E UTILIDADE

Adoro reciclagem, principalmente quando não é preciso gastar outros materiais ou fontes de energia “suja”, porque senão perde um pouco do sentido…

Por isso, achei muito bacana a ideia abaixo, feita a partir de pratinhos de papelão usados em festa. Eles podem ser usados não só como nas fotos, mas no escritório ou no quarto das crianças, para organizar as baguncinhas…

Quando tiverem esses pratinhos dando sopa após as festinhas, corra e pegue todos…Você já tem ideia pra dar outra utilidade a eles,antes de seguirem para o lixo!

Essas e outras ideias podem ser vistas AQUI.

Beijos e até mais…

 

{Manual storage box}

VIOLÃO DE PAPELÃO!

Olá, pessoal!

Hoje eu vou mostrar um brinquedo que fiz para minha afilhadinha Rafaela…um violão de papelão!

Ela adora violão, fica arrastando o “lão” do pai dela de um lado pro outro, falando: “Papai, lão!”

Quando ela está aqui em casa, depois de pedir ao “Mon” o “neném” e o “au-au”, brinquedos que foram meus, ela vai no “craft room” e dá uma mãozada no “lão do Mon”, futuca na caixa de som dele, tira os cabos lá de dentro e fala: “Lão…”

Então, quando achei esse passo a passo do site reciclaedecora.com, não resisti e fiz um “lão” pra ela brincar.

O passo a passo original é do blog make it and love it. Confiram!

Abraços e até a próxima!!!
Larissa
Poderá também gostar de:

O enlace de um laço!

Nunca fui muito boa com laços. Sempre ficam meio tortos, com as alças em tamanhos diferentes, amassados, enfim…

Selecionei algumas fotos de passo a passo que ajudam a fazer laços perfeitos!

Já consegui um bom progresso com essas técnicas!!!

bjos

Larissa

To 〖Shoubashoujiao you hit〗 beautiful bow

Mais PAP de laços como esses…

AQUI!

DIY cute bow card

Estojo de lápis feito com garrafa PET

Gente, olha que ideia interessante!

Reciclagem e utilidade! Vou fazer para a Rafaelinha…Ela adora organizar as coisas…

beijos

Larissa

Plastic bottles can also be smaller fresh

PORCELANAS PERSONALIZADAS

Olá, pessoas!

Pensando num presente original, útil e bonito para CASAMENTOS, personalizei porcelanas que fizeram um SUCESSO!!!

Hoje eu trago as fotos dessas belezuras!

O trabalho é muito simples, mas requer paciência e destreza para aqueles que, como eu, não têm o dom do traço livre!

O material utilizado é uma caneta para porcelana, à venda em lojas de artesanato. Depois de pronto é só levar ao forno, conforme orientações na própria embalagem da caneta. Durante o trabalho, é possível apagar algum traço feito errado; foi por isso que adorei! Assim, você pode buscar o resultado perfeito ou quase perfeito!

Para o primeiro casal, Giselle e Fernando, foi bem tranquilo escolher o desenho, porque me baseei no convite de casamento deles, que trazia um detalhe bem legal! Aí achei interessante fazer a personalização com base nele, pois ficaria uma recordação bem original!

    

    

    

Para o outro casal, Henrique e Mariana, foi mais complexo! O convite deles é do estilo clássico/tradicional e eu tive dois problemas: escolher um desenho que ficasse legal e tentar imitar a letra tradicional, que é muito difícil. Você podem ver que não consegui imitar, justamente porque é o tipo de letra que só calígrafo consegue reproduzir…Me dou melhor com as letras modernas, como o do convite anterior. Mas achei que ficou bem bonito!

Tive que fazer a caixa do presente também, pois nenhuma das que eu tinha em casa cabia o presente .

 

  

O melhor de tudo é fazer o presente para as pessoas! Muitas pessoas me perguntam o porquê de “perder” tempo fazendo essas coisas, pois é mais fácil comprar! Eu sempre respondo que o que me encanta é que a (s) pessoa (s) que vai (ão) receber o presente vai saber que durante sua confecção, minha atenção estava voltada apenas para o presente e para o presenteado! Isso é belíssimo! É um tempo completamente dedicado a essa pessoa…

Espero que se inspirem!

Beijos

Larissa

Passo a passo Lasanha de Abóbora!

Há alguns dias postei sobre a famosa Lasanha de Abóbora!

Pois é, agora vou postar, em tempo real, o passo a passo da receita.

A preparação começa na véspera! Como faremos esse prato amanhã à noite, na despedida do nosso amigo Juliano, então tivemos que começar hoje.

Pela manhã, fui atrás da abóbora perfeita! Eis que consegui 2 bons pedaços. Vocês podem ver que a abóbora é do tipo “pescoçuda” (vejam a casca) e, da forma com que foi cortada pelo supermercado, vamos conseguir fazer fatias bem parecidas com as do macarrão de lasanha.

Como eu disse, comprei 2 pedaços, de mais ou menos 500g cada um.

Para começar, devemos descarcar a abóbora, senão fica mais difícil tirar as lascas.

Depois, com o fatiador de queijo, vamos tirando as lascas de abóbora.

O Juliano adora esse prato, mas diz que tem preguiça só de pensar na preparação!

Não demora tanto assim, gente! É trabalhoso, mas o resultado final vale a pena.

Eu que não tenho muita destreza com facas e outros objetos cortantes demorei apenas uns 10 minutos pra fatiar tudo…

Mas isso porque o formato da abóbora ajuda. Se for aquela redonda, conhecida como “moranga” vai dar um trabalhão mesmo, porque não dá para usar o fatiador de queijo; tem que ser na faca mesmo! Aí dá dó…

Depois de tudo fatiado, coloquem panos de prato limpos sobre uma mesa ou bancada; disponha as fatias sobre os panos e cubra-as com outros panos limpos.

Essa etapa é essencial!  A abóbora solta muita água quando vai ao forno. Assim, para não atrapalhar no resultado final da receita, precisamos deixar as fatias “descansando” para perder um pouco da água. É por isso que a preparação começa na véspera.

Agora é só esperar amanhã à noite, depois do trabalho, para começarmos a montar o prato.

Até lá.

Larissa

Previous Older Entries